quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ele perdeu seu teto. Perdeu amores, perdeu a vontade própria em troca de pó.

Agora ele se encontra deitado, olhos estatelados, nu. Numa cama que não é sua, num quarto úmido e mofado que não é seu, vivendo uma vida semi vegetativa de merda. Hoje, devido a um problema no trem, chegou uma hora atrasado no trampo, foi dispensado pelo atraso e existe a possibilidade de ser mandado embora.

Mas pra ele ultimamente nada tem feito muito sentido.

Na verdade tudo já perdeu o sentido a muito tempo. Se alguém encontrar, dá o meu endereço? Grato.

2 opiniões:

Andressa P. Cruz disse...

Se eu soubesse....mas se eu der o endereço da net serve?

Marlo disse...

a vida não ter de fazer sentido, é a falta de sentido que nos faz continuar seguindo. Se ela tivesse sentido seria muito sem graça. As vezes parece que toda essa falta de sentido nos deixa tontos, mas em geral é bom, nos deixa acordados.